Guia de Fornecedores

Vamos passar a lua de mel na África do Sul?

País de muitos contrastes, a África do Sul é um dos destinos mais exóticos para se viajar. Conhecido por seu turismo de aventura e ecológico, o país também vem se revelando como um ótimo lugar para quem busca natureza sem perder sofisticação e conforto. Com aproximadamente 47 milhões de habitantes, dividida em nove províncias, a África do Sul tem mais de 20 etnias espalhadas por seu território.

Dizer que a África do Sul é um paraíso é a pura verdade. O país possui uma costa bastante extensa, montanhas, vegetação única, florestas subtropicais e ilhas.  Safáris na África do Sul Leões, rinocerontes, leopardos, búfalos e elefantes. Esses são os Big Five africanos, animais que podem ser encontrados na maioria dos parques nacionais ao longo de todo o país. Também é possível encontrar muitas espécies típicas das savanas africanas, como zebras, hienas, girafas, antílopes e outros.

Em alguns parques, a incidência de determinada espécie é maior do que em outros, como é o caso do Addo Elephant National Park, no sul do país, casa de um significativo número de elefantes. Nas reservas localizadas na região dos parques, é possível se hospedar em acomodações luxuosas, com pensão completa inclusa nas diárias. Dentre os diversos Parques Nacionais, destacam-se o Tsitsikama National Park, o Knysna National Park, o Madikwe, o Wilderness National Park e o mundialmente famoso Parque Nacional Kruger.

 

Não há dúvida de que os safáris são uma experiência excepcional que permanecerá como uma memória maravilhosa de uma visita à África do Sul. Recomendamos sempre uma estadia mínima de três noites nos lodges, ou combinar lodges em diferentes áreas, pois cada um tem seus próprios rituais e oferece “um dia típico de safári” único.

Melhor época para ir à África do Sul

O clima é muito agradável no país, ainda mais por ser bastante parecido com o do Brasil. É possível programar a melhor época tendo em vista os passeios que pretende fazer. Independente de qual período escolher, tenha certeza que poderá aproveitar ao máximo o que o país tem a oferecer.

De julho a setembro, o ideal é a observação de vida selvagem. Nessa época a visibilidade é maior por conta da baixa vegetação, além de ser a temporada de nascimentos, consequentemente haverá muitos filhotes pela selva. Por conta das temperaturas agradáveis, as atividades de safári também podem ser realizadas no inverno, quando há a baixa temporada.

As épocas de mais pico são no começo de dezembro até metade de janeiro, incluindo também a páscoa. Durante esse período, é preferível reservar acomodação nos parques nacionais e na costa com meses de antecedência, pois por ser o período ideal das praias, as férias escolares agitam as cidades litorâneas.

O que você precisa saber antes de ir para a África do Sul

Para entrar na África do Sul, brasileiros não necessitam de visto para ficarem até 90 dias no país. É importante que o passaporte tenha validade por até 6 meses depois da entrada do turista no território.

Ao viajar para a África do Sul é preciso que visitantes acima de 1 ano de idade estejam vacinados contra a febre amarela 10 dias antes de embarcar. Necessário apresentar o certificado na imigração quando desembarcar no país. Atenção: se for visitar reservas e parques das províncias de Limpopo, Mpumalanga e KwaZulu-Natal é preciso tomar remédio contra a malária 24 horas antes de entrar na área afetada e depois uma vez por semana em torno de cinco semanas.

Consulte um médico antes de embarcar para se certificar caso visite algum desses locais.

 

 

Serviços

RELP  Weddings

SCRN 704/705 Bloco D Loja 30 – Asa Norte
Brasília – DF

(61) 3242-0108