Casamento em casa: Cacá Garcia + Fernando Ticoulat

Cacá Garcia e Fernando Ticoulat já se conheciam há algum tempo, mas perderam o contato e passaram anos sem se ver. Quando finalmente se reencontraram, o amor falou mais alto e começaram a namorar. “Como Fernando e eu decidimos morar juntos depois de 3 anos de namoro, casamento foi algo que aconteceu naturalmente. Depois de um ano na casa nova, bateu a vontade de celebrar nosso amor, então reunimos nossos pais, demos a notícia e começamos a pensar em como seria nossa festa”, relembra a noiva.

Cacá sempre teve em mente tudo que queria para seu grande dia: uma cerimônia intimista, seguida de um coquetel e almoço, e depois a festa. Por isso, os noivos cuidaram pessoalmente dos preparativos e contaram com ajuda de assessoria apenas nos dois últimos meses.

Cacá e Fernando se casaram no civil, com a presença apenas dos familiares e amigos próximos, dois dias antes do grande dia.

O casamento foi marcado para o sábado, dia 01/06/2019, mas dois dias antes Cacá e Fernando se casaram no civil, com a presença apenas dos familiares e amigos próximos. “Logo que saímos do casamento civil, atravessamos a rua para um restaurante bem italiano, onde já havia uma mesa enorme a nossa espera! E na saída do prédio tivemos até chuva de arroz!”, relembra.

Na hora de escolher o local que receberia o casamento maior, o casal não teve dúvidas: a casa da avó de Cacá era o cenário perfeito para o “sim”! “Minha avó faleceu há um ano e meio e ela era uma pessoa que amava reunir as pessoas. Tudo na casa dela é divertido! Passei momentos importantes da minha vida ali. Inclusive foi lá que o Fernando me pediu para morarmos juntos, com anel e tudo. Então, de certa forma minha avó fez muito parte do relacionamento. Não teria lugar melhor para nos casarmos!”

Perfeccionista, Cacá afirma que ela e Fernando se envolveram com cada detalhe do casamento, unindo referências e preferências, criaram juntos o projeto para que cada detalhe representasse o casal. “Fiz mood boards de tudo que sonhava para o casamento, quais flores queria e como queria que elas fossem dispostas nas mesas… Fiz milhões de mood boards! Queria algo que tivesse nossa cara e fosse único.” Pensando nisso, o casamento tomou conta de vários espaços da casa, desde o jardim, até a sala de estar.

A casa já tinha uma decoração marcante e Cacá quis aproveitar muito do verde natural do jardim para elaborar um projeto floral com ar campestre. “Queria algo que parecesse que tivesse brotado do chão, que já fazia parte da casa. E queria muito capim em tudo! Também optei por fazer coisas grandiosas em lugares inusitados.” Toda a extensão da escada, por exemplo, foi decorada com capim e mini margaridas, assim como a mesa dos bem-casados. Já os arranjos florais das mesas de almoço, compostos de rosas, antúrios, dálias e peônias, trouxeram pinceladas de cores quentes e vibrantes, como vermelho, rosa e roxo.

No grande dia, os noivos receberam 120 convidados para a cerimônia e para o almoço, que teve menu assinado pelo chef Julio Perinetto. “O serviço do Julio Perinetto foi impecável! Afinal de contas, não é fácil fazer um almoço empratado para 120 pessoas.” Os convidados foram recebidos por um coquetel volante de canapés frios e quentes, e dentre as opções, Cannoli de grana padano com presunto parma, rúcula e mostarda de cremona, Carpaccio de filé mignon, tapenade e lascas de pecorino, Cesta filó com ragoût de cogumelos, nirá e flor de sal e Trouxinha de perdiz com molho oriental.

As comemorações duraram o dia todo, e Cacá queria que cada coisa acontecesse de uma vez, sem se misturar. Por isso, logo após a refeição, a sala de jantar deu espaço para ilhas gastronômicas, com destaque para o buffet de polentas com acompanhamentos diversos. E mais ao fim do dia, às 18h, as mesas do almoço foram desmontadas e deram lugar para a pista de dança, já que a casa recebeu mais 150 convidados para a festa!

Estilista da Cris Barros, Cacá sempre sonhou em executar seu próprio vestido de noiva. “Posso dizer que foi o vestido mais difícil que já fiz. Tinha muitas ideias e não dava para usar todas! Mas sabia desde o começo que queria algo com pérolas, veludo preto, muito metros de tecido e que fugisse do tradicional. Bem dramático!” A noiva conta que o modelo foi tomando forma nas provas e que ficou 100% pronto um dia antes do casamento, na sexta-feira. O modelo tinha mix de tecidos, decote ombro a ombro e bordado de pérolas. Para arrematar o visual, o veludo preto apareceu no laço do pescoço e no laço que finalizou o penteado, junto com o véu de tule.

Para curtir a noite na pista de dança, Cacá escolheu um segundo look para o grande dia. “Como meu vestido foi bem dramático, optei por trocar de roupa na hora da festa: um look de calça + top cropped e uma tiara com uma cereja dourada do Piers Atkinson.”

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Follow Me!